Bolo-Pão de Banana

Quando estive na Austrália, visitando minha irmã no último inverno, fiquei apaixonada pelo ‘banana bread’ que os australianos tanto amam.

Eles comem esse pão, que para nós seria como um bolo menos doce, com as coisas mais variadas possíveis. Com aquela manteiguinha derretendo ou com pasta de amendoim.

IMG_0494

O tradicional café da manhã australiano seria esse pão com um latte bem gostoso ou uma torrada com Vegemite (que eu particularmente gosto muito).

Olhei para fruteira aqui em casa e estava cheia de bananas maduras.

Encontrei uma receita que é bem saudável nesse blog americano de uma moça e seu cão.

Achei uma boa porque vai só farinha integral e nada de açúcar, apenas mel. Como tinha muitas bananas dobrei a receita para aproveitar melhor  e traduzi para vocês em Português. Espero que gostem.

Também resolvi incrementar e coloquei um pouco de castanhas do pará picadas.

Ingredientes

1 xícara de óleo (óleo de coco, azeite ou óleo vegetal)

1 xícara de mel ou maple

4 ou 5 bananas maduras bem amassadas

1/2 xícara de leite ou água

1 pitada de sal

1 colher de sopa de fermento (não muito cheia, usei a tampinha de medida)

1 colher de sopa de extrato de baunilha

1/2 colher de sopa de canela em pó ( ou á gosto)

3 1/2 xícaras de farinha integral

4 ovos

Opcional – 1/2  xícara de nozes picadas  (usei castanha do pará e ficou demais)

Preparo

Pré aqueça o forno para 165*C

Misture o mel e o óleo, depois acrescente aos poucos os ovos, continue misturando bem à mão.

Acrescente as bananas,  leite, extrato de baunilha, canela, sal, e misture bem.

Mude para uma colher e misture a farinha e o fermento, tudo bem se ficar algumas pelotas, só tenha certeza de que está tudo bem misturado.

Por último adicione as nozes de escolha.

Unte a forma. (Para esta receita usei duas das redondas com buraco.)

Salpique um pouco de canela por cima da massa na forma e coloque para assar por 55 minutos a 1 hora. Dependendo do forno, faça o teste do palitinho. Deixe descansar e sirva. Quentinho é uma delícia.

Aproveite e me conte como ficou o seu!

IMG_2229

Beijos doces de paz,

Dani

Ansiedade

cinco-coisas-que-voc-deve-saber-ansiedade_A

Ansiedade. Este é o nome da palavra de 9 letras que vem como um pequeno sussurro e logo se torna uma tempestade de águas pesadas.

Lava a sua paz embora e te leva para águas profundas, onde você não consegue nadar.

Eu a conheço. Eu a conheço faz tempo.

Levou algum tempo para aceitar que precisava lutá-la.

Quando percebi, e finalmente deixei meu orgulho de lado, pude dizer – “Eu lido com ansiedade.”

Foi o meu primeiro passo para a liberdade.

Queria que fosse simples assim, queria que fosse apenas uma confissão e uma oração para tudo ir embora. Queria…

Entretanto a minha geração é conhecida por querer experiências e ignorar processos.

Meu processo em  ter de lidar com ansiedade levou anos, não irá se resolver em apenas um dia.

A ansiedade tem diferentes portas de acesso na nossa vida. Espiritual, alma (coração), ambiente e comportamentos.

Eu acredito que a porta espiritual na minha vida para ansiedade foi cerrada, quando em Dezembro, um pastor, doutor chamado Rob Reimer orou por mim. Naquele dia eu senti que algo deixou-me.

Pensei que estava completamente livre. Estava feita. Adeus ansiedade, até nunca mais!

Se apenas… Se apenas fosse tão simples assim.

Voltando para o Brasil eu a encontrei novamente. Não exatamente do jeito que esperava, foi de um jeito confrontante.

Alguém que mal me conhece, e não compartilha dos mesmos princípios, disse que eu estava muito ansiosa para melhorar, no meu processo em ir para fisioterapia todos os dias (estou com bursite nos dois ombros e condromalacia nos dois joelhos).

Olhei para ele e não podia acreditar no que estava ouvindo. Achei que estava livre dela!

Senti como um soco no pulmão.

No entanto, a verdade é que preciso lutá-la todos os dias, por enquanto. Ficando perto da minha videira, passando tempo na presença do dono da PAZ. Eu posso ter paz sem medida quando decido nadar no rio certo.

As águas profundas são drenadas quando Ele vem ao meu resgate.

Confio e sei que Deus  pode me curar não só do espiritual, mas Ele pode cuidar de tudo. Ele é um Deus inteiro que cuida das nossas vidas por inteiro, se apenas deixarmos.

Salmo  18:16 ” Das alturas estendeu a mão e me segurou; tirou-me das águas profundas.”

Peça e Ele pode te tirar de qualquer profundidade que esteja, peça para Deus te encontrar no meio do que quer que esteja vivendo.

 

Muito amor,

Dani.

Dia Árabe

Eu amo comida árabe, é com certeza uma das minhas favoritas. Aos domingos me empenho na cozinha para fazer uma comidinha mais gostosa do que na rotina.

No domingo tivemos quibe com aveia, coalhada seca fácil, abobrinha grelhada, baba ganoush (pastinha de beringela), hommus, naan, rúcula, tomate cereja, cenoura, pepino e beringela assada com vinagre balsâmico.

Modéstia à parte ficou tudo uma delícia.

Aqui segue um vídeo de como fazer o Hommus, que é muito fácil e nutritivo para servir de petisquinho também.

Quibe com Aveia

Vou passar a receita do quibe com aveia. Uso aveia ao invés de trigo para dar um pouco mais de fibra e saúde ao prato.

1kg de carne moída de primeira (no caso usamos patinho)

300g de farelo de aveia

1 iogurte desnatado natural

1 ovo

1 cebola picada

zátar, tahine, pimenta síria, cominho, sal, hortelã fresca picada e limão, tudo à gosto.

Misture tudo delicadamente com as mãos, coloque num refratário ou assadeira, corte e decore com folhas de hortelã, coloque para assar por 30 min, dependendo do seu forno.

IMG_2094(quibe antes de assar)

Enjoy,

Um beijo de PAZ.