Do it yourself -Presentes fofos e criativos

Eu gosto de dar presentes que tenham significado para as pessoas. Gosto muito de fazer os pequenos kits. Acho um presente muito fofo, cheio de coisinhas e quitutes.

Ultimamente estando mais ligada ao lado criativo, comecei a fazer essas plaquinhas de decoração.

Um presente fofo com significado e simples de fazer.

Reaproveitei madeira de uma caixinha de chá, lixei, pintei com uma esponja e usando tinta acrílica e pincéis ou caneta permanente fiz diferentes plaquinhas.

Veja o vídeo para maiores detalhes

 

Veja aqui o resultado final. Espero que vocês se inspirem e façam para dar ou para decorar sua própria casa.

IMG_2532 (1)

Beijos de paz!

NAAN Recipe

 

Nesta última temporada que passei nos EUA, morei em uma casa com um casal, seus dois filhos e mais 6 meninas, eramos 11 ao total!

Foi uma delícia, toda segunda-feira tínhamos Jantar em Família e cada semana uma dupla cozinhava para todo mundo, Katie, a mãe, era vegetariana e fazia muitas receitas delícias.

Uma delas é o NAAN, pãozinho oriental gostoso.

Ingredientes

1 colher de sopa de fermento biológico em pó

3/4 xícara de água morna

2 colheres de chá de açúcar ( dividido 1 e 1)

2 xícaras de farinha de trigo integral

1 colher de sopa rasa de sal

1/8 de colher de sopa de fermento químico em pó

3 colheres de sopa de iogurte natural, no caso 1 potinho

2 colheres de sopa de azeite extra virgin

1 colher de sopa de semente de nigela (opcional)

1 colher de sopa de semente de erva doce (opcional)

Ao finalizar  (Opcional)

Manteiga derretida para pincelar por cima

Alho picado fresco

Queijo ralado na hora

Instruções 

Em uma tigela de vidro, dissolva o fermento biológico em pó com uma colher de chá de açúcar com água morna.

Deixe descansar até estiver ativo, mais ou menos 10 minutos.

Enquanto isso em outra travessa grande misture a farinha, o sal, a outra colher de açúcar e fermento em pó.

Quando o fermento estiver ativo adicione o iogurte e o azeite de oliva na tigela de vidro e misture bem.

Coloque essa mistura com os ingredientes secos.

Adicione as sementes se for usar e misture gentilmente.

Quando a massa começar a se juntar use sua mão para misturar.

Vai parecer que não tem farinha o suficiente a princípio, mas continue misturando até que se transforme em uma massa macia e um pouco grudenta ainda. Essa massa é mais hidratada.

Quando a massa juntar macia, pare de mexer!

Cubra com plástico ou com um pano úmido e coloque em um lugar longe do vento (dentro do forno por exemplo) Deixe descansar por no mínimo 2 horas, recomendável até 4h ( mas pode passar um pouco como eu no vídeo) .

Cover the dough with plastic wrap or a damp tea towel and let it sit in a warm, draft-free place for 2 to 4 hours.

A massa ficará BEM macia e grudenta– Isso é bom!

Separe a massa em porções e faça bolinhas suaves e coloque em outra travessa com mais farinha, para que não grude uma na outra.

Forme o naan, faça uma cama de farinha e use o rolo para tentar fazer a forma de uma gota, use bastante farinha para polvilhar entre uma massa e outra.

Aqueça uma frigideira ( se tiver de ferro melhor ainda), quando a frigideira estiver bem quente,  tenha certeza que tem uma tampa que cubra toda a frigideira.

Molhe sua mão com água e pegue o naan, coloque na frigideira e tampe, marque mais ou menos 1 minuto, vire o naan do outro lado e deixe mais um minuto ou 30 segundos.

Pincele a manteiga perfumada de alho e se quiser polvilhe um pouco de sal gourmet.

Vai ter bolhas e alguns pedaços queimados, não se preocupe – este é o típico NAAN.

Coloque o Naan pronto em um pano para manter aquecido,

Repita o processo com todos e sirva.

. Aproveite o feriadão e aventure-se na cozinha.

Sirva com pastinhas, homus, coalhada ou qualquer outra coisa deliciosa.

Beijos de amor,

Dani.

REJECTED

Neste último mês fui rejeitada pelo menos três vezes.

Viajando pelo mundo nunca tive meu passaporte rejeitado ou um visto negado. Tive situações complicadas, algumas que deram um bom jogo de cintura, mas nunca fui REJEITADA.

Não estou acostumada com essa palavra, acho que nunca estamos, né?

Não esperamos que ela venha, eu pelo menos não esperava…

Desde que voltei fui rejeitada em oportunidades de emprego, planos e projetos.

download

Não é uma palavra doce, ao falar em REJEIÇÃO pode sentir o gosto amargo revirando na boca, isto porque essa palavra vem com uma carga bem grande.

Uma carga chamada Vergonha. A vergonha que sentimos ao experienciarmos o “Não, não foi dessa vez”.

Sermos rejeitados na entrevista,

Olharmos para a Balança no consultório do médico,

Ter o cartão de crédito declinado no mercado.

Associado com o Não, vem as sombras do Você não é o suficiente, Para quê continuar tentando?   Associamos nosso valor as conquistas, entregamos de bandeja, nos tornando prisioneiros do agradar, da performance e perfeição.

Mas então como continuar? Como continuar tentando, como continuar entregando curriculum, indo em lugares, como continuar com sonhos e projetos?

Sendo corajoso para permanecer, continuando OUSADO mesmo que escute o Não, continuar ao saber que seu valor não está disponível na bandeja, mas você sabe o quanto vale, independente do resultado, da performance, da perfeição.

Saber que você vale muito e que alguém pagou um alto preço por sua vida.

Tenha coragem, tenha fé, acredite em você e CONTINUE.

(referência Daring Greatly – Brené Brown)